CMVM
skip
Idioma
pageBackground
Estatísticas

Estatísticas periódicas


Indicadores mensais dos fundos de investimento imobiliário

Dezembro de 2020

[estatísticas e texto atualizados a 3.02.2021]

    Em dezembro de 2020, o valor sob gestão dos fundos de investimento imobiliário (FII), dos fundos especiais de investimento imobiliário (FEII) e dos fundos de gestão de património imobiliário (FUNGEPI) atingiu 10.835,3 milhões de euros, mais 410,6 milhões (3,9%) do que em novembro. 

    O montante investido nos fundos de investimento imobiliário subiu 3,9% para 8.004,2 milhões de euros. Nos FEII, o valor aumentou 1,1% para 2.409,2 milhões de euros e nos FUNGEPI cresceu 24,0% para 422,0 milhões de euros.

    No período em análise, os países da União Europeia foram o destino da totalidade do investimento feito em ativos imobiliários, tendo 47,1% da carteira dos FII e FEII abertos sido aplicados em imóveis do setor dos serviços. Os investimentos realizados pelos FUNGEPI destinaram-se sobretudo ao setor do comércio (46,2% do total).

    A Interfundos (12,2%), a Square AM (11,0%) e a Caixa Gestão de Ativos (8,9%) detinham as quotas de mercado mais elevadas.

    Em dezembro foram constituídas as sociedades de investimento imobiliário "Substância Numérica, SICAFI, SA" e "Coincident Discovery, SICAFI, SA", geridas pela Lynx, a "Krep Portugal, SICAFI, SA" e a "Lagoas Park, SICAFI, SA", geridas pela Insula Capital e a "Almost Future, SICAFI, SA" gerida pela Silvip.

    No mês passado foi ainda liquidado o fundo de investimento imobiliário "Solid – Fundo de Investimento Imobiliário", gerido pela GNB Real Estate, e os fundos especiais de investimento imobiliário "R Invest – Fundo Especial de Investimento Imobiliário" gerido pela GNB Real Estate, "Imoreserve – Fundo Especial de Investimento Imobiliário" gerido pela First Fund Box, e os "Oceânico – Fundo Especial de Investimento Imobiliário" e "Gestão Imobiliária – Fundo Especial de Investimento Imobiliário", geridos pela Interfundos.