CMVM
skip
Idioma
pageBackground
Comunicados

CMVM informa sobre relatório do auditor para fixação da contrapartida mínima a oferecer aos acionistas da Compta


Informação ao mercado ao abrigo do n.º 4 do artigo 188.º do Código dos Valores Mobiliários relativa ao pedido de perda da qualidade de sociedade aberta da COMPTA – Equipamentos e Serviços de Informática, S.A.

5 de novembro de 2019

Em cumprimento do n.º 4 do artigo 188.º do Código dos Valores Mobiliários, a CMVM informa que, em consequência da nomeação de um auditor independente para fixação da contrapartida mínima a oferecer no âmbito do procedimento de perda de qualidade de sociedade aberta da COMPTA – Equipamentos e Serviços de Informática, S.A. (“Compta”), conforme anteriormente divulgado, recebeu o relatório do auditor independente, nos termos e para os efeitos do n.º 2 do artigo 188.º do Código dos Valores Mobiliários, aplicável por remissão do n.º 4 do artigo 27.º do mesmo Código.

No seu relatório, o auditor refere que: “[d]eterminámos como contrapartida mínima a pagar pela Broadloop – Investments, S.A. 2,48 cêntimos de euro (…)”. Assim, deverá ser esse o montante a oferecer pela Broadloop – Investments, S.A.  aos acionistas que não votaram favoravelmente a perda de qualidade de sociedade aberta da Compta. 

Mais se informa que o procedimento relativo ao pedido de perda da qualidade de sociedade aberta não se encontra ainda concluído, o que apenas sucederá com a decisão favorável da CMVM.