CMVM
skip
Idioma
pageBackground
Comunicados e contraordenações

Conferência anual CMVM


"Sustainable Finance: The Road Ahead"


 

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) está empenhada em assumir uma participação ativa do debate em torno da promoção de economias e sociedades sustentáveis. Entre outras iniciativas, esta prioridade traduz-se na nossa participação no Grupo de Investimento Social Português, na promoção de uma consulta pública aos agentes do mercado português sobre o investimento sustentável que será lançada ainda este ano e na conferência “Sustainable Finance: The Road Ahead”, realizada a 23 de Novembro.

Na conferência olhámos para a contribuição que o lado financeiro das nossas economias pode oferecer na promoção de melhores padrões ambientais, sociais e de governo das sociedades. Estes tópicos estão no topo da agenda internacional, incluindo na Europa. Com este evento, pretendemos oferecer uma contribuição importante para enriquecer a reflexão pelos agentes do sistema financeiro português.

Neste espaço iremos atualizando a informação sobre a conferência, nomeadamente sobre o programa e seus painéis e oradores.​

 

 
Centro Cultural de Belém

23
novembro 2018

Programa

(sessões de debate em inglês)

   
8:30- Registo

9:00 - Sessão de abertura: Gabriela Figueiredo Dias (discurso), Presidente do Conselho de Administração
da CMVM


9:15 - Orador Principal:  Mário Centeno (intervenção), Ministro das Finanças de Portugal


9:45-11:15 -
Mesa Redonda: "O que é sustentável em Finanças?

Este painel examinou o que deve ser considerado relevante na avaliação de fatores ambientais, sociais e de governo das sociedades (ESG) e por que motivo. Entre outros tópicos, o painel questionou se o clima está a receber mais atenção do que outros fatores ESG, quais os principais desafios de mensuração das várias dimensões da sustentabilidade, bem como da sua inclusão em modelos e avaliações.
  • Colin Mayer, Cátedra Peter Moore de Estudos de Gestão, Said Business School da  Universidade de Oxford
  • Filipe Santos, Professor catedrático de Empreendedorismo Social, Católica Lisbon Business & Economics
  • José de Matos, Consultor do Conselho de Administração, Banco de Portugal
  • Peter Kernan, Diretor executivo, S&P Global
  • Tânia Duarte, Cofundadora e diretora de Operações, Conduct, Culture, People Research Foundation
  • Ugo Bassi, Diretor, Direção-Geral de Estabilidade Financeira, Serviços Financeiros e União dos Mercados de Capitais (FISMA), Comissão Europeia
    • Moderador: Rui Peres Jorge, Diretor do Gabinete de Comunicação, CMVM

11:15-11:30 - Cerimónia de entrega do Prémio José Luís Sapateiro 2017


11:30-12:00 -
Intervalo para café

     

12:00-13:10 - Mesa Redonda: "Investir em sustentabilidade: o que ganho com isso?"

Este painel analisou o que o investimento sustentável tem para oferecer a investidores e cidadãos. Foram abordadas as perspetivas de rendibilidade e risco de ativos ESG; a existência de valor para os acionistas no longo prazo e, em caso afirmativo, se este implica custos no curto prazo; a capacidade dos gestores de ativos enriquecerem os seus portfólios ao mesmo tempo que continuam a cumprir as suas obrigações fiduciárias; e, de forma mais ampla, quais os benefícios que os cidadãos podem esperar do investimento sustentável e o que devem exigir.  
  • António Miguel, Diretor Executivo, Maze; Laboratório de Investimento Social
  • Jorge Moreira da Silva, Diretor, Direção de Cooperação para o Desenvolvimento da OCDE
  • Margarida Couto, Presidente, GRACE - Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial
  • Paul Tang, Membro do Parlamento Europeu, Aliança Progressista dos Socialistas e Democratas
  • Will Martindale, Diretor de Políticas, UNPRI – Principles for Responsible Investment
    • Moderador: Filipe Santos, Professor catedrático de Empreendedorismo Social, Católica Lisbon Business & Economics

13:10-14:30 - Intervalo para almoço

14:40-15:10 - Orador Principal: Dirk Schoenmaker (apresentação), Investigador sénior, Bruegel; Professor de Banca e Finanças, Universidade Erasmus de Roterdão


15:10-16:30 -
Mesa Redonda: "À procura de investidores responsáveis para relações de longo prazo"

O terceiro painel discutiu os desafios para os emitentes de ativos que cumprem princípios de sustentabilidade ambiental, social e de governo das sociedades, designadamente, as obrigações verdes “green bonds”, bem como a melhor maneira de garantir o cumprimento dos critérios, e identificação de potenciais benefícios e riscos. Foram abordadas questões como se existirão oportunidades reais de diversificação neste mercado? O que sabemos sobre o conjunto de investidores que são atraídos para estes ativos? Ou, em termos de mercado, de que forma os ativos relacionados com o clima podem ser comparados com os relacionados ao social e ao governo das sociedades?
  • André Figueiredo, Sócio, PLMJ
  • António Correia, Partner, PricewaterhouseCoopers
  • Cristina Casalinho, CEO, Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública
  • João Wengorovius Meneses, Secretário Geral, BCSD - Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável
  • Nandini Sukumar, CEO, World Federation of Exchanges
  • Paulo Rodrigues da Silva, CEO, Euronext Portugal
    • Moderador: Rita Oliveira Pinto, Diretora do Departamento Internacional e de Política Regulatória, CMVM

16:30-17:00 - Intervalo para café


17:00-18:00 -
Mesa Redonda: "Sustentabilidade: Regular ou não Regular?"

Este painel analisou as melhores formas de os reguladores lidarem com as dimensões ambientais, sociais e de governo das sociedades, tanto a nível nacional quanto europeu. Foram discutidas as propostas políticas recentes, nomeadamente da Comissão Europeia, bem como políticas alternativas que possam ser previstas pelos reguladores.
  • Steven Maijoor, Presidente, Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários e dos Mercados (ESMA)
  • Gabriel Bernardino, Presidente, Autoridade Europeia dos Seguros e Pensões Complementares de Reforma (EIOPA)
  • Gabriela Figueiredo Dias, Presidente, Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM)
    • Moderador: Ugo Bassi, Diretor, Direção-Geral de Estabilidade Financeira, FISMA, Comissão Europeia