CMVM
skip
Idioma
pageBackground
Comunicados

Semana Mundial do Investidor arranca hoje com 13 iniciativas até 11 de outubro


05 de outubro de 2020

A Semana Mundial do Investidor, iniciativa global promovida pela IOSCO, arranca hoje com 13 iniciativas a decorrer até 11 de outubro, num formato com predominância digital. Ao longo da semana será debatida a importância de estimular a confiança dos consumidores no mercado de capitais e no sistema financeiro e haverá uma reflexão sobre o papel do mercado na retoma da economia.

As atividades iniciam-se amanhã de manhã, dia 6, com o webinar "Demografia, pensões e poupança para a reforma", organizado pela Associação Portuguesa de Seguradores (APS), onde será apresentado um estudo europeu sobre pensões, com foco em Portugal. À tarde realiza-se a primeira de três sessões "Confiar e investir", pela Associação Portuguesa de Bancos (APB), sobre noções básicas de investimento e a sua importância na retoma, cada uma com públicos-alvo distintos; a primeira destina-se a clientes bancários. Ainda de tarde, a CFA Society Portugal abordará o tema da "Ética nas finanças", com os participantes a serem convidados a avaliar dilemas éticos reais no setor financeiro. O dia termina com o webinar "Poupar & investir", uma conversa interativa sobre a importância da poupança e as características do mercado de capitais, organizada pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento e Fundos de Pensões (APFIPP) e Euronext Lisbon.

O segundo webinar "Confiar para investir", da APB, é a iniciativa com que se iniciam as atividades de dia 7 de outubro e tem como público-alvo alunos do ensino secundário. À tarde, o Banco de Portugal irá explicar e debater com os participantes "Como um banco central contribui para a confiança dos agentes económicos", seguindo-se o webinar da Associação Portuguesa de Analistas Financeiros (APAF) sobre a "Informação financeira em tempos de crise" e uma sessão dinamizada pelo Plano Nacional de Formação Financeira (PNFF) e pela Direção-Geral de Educação sobre "Cibersegurança nas transações financeiras". A finalizar o dia debate-se a "Cultura empresarial, propósito societário e confiança dos investidores", uma e-conference organizada pela Associação de Empresas Emitentes de Valores Cotados em Mercado (AEM) que se insere nas comemorações dos seus 10 anos.

Na conferência anual da CMVM, que se realiza presencialmente na quinta-feira, dia 8 de outubro, no Museu do Oriente e via streaming, debate-se "Investir na retoma: o papel do mercado de capitais" (link para registo disponível aqui). Durante a sessão, que tem início pelas 8h45 e decorrerá até às 18h15, serão abordados temas como a proteção do investidor e o valor da confiança, as tendências de investimento sustentável, a estabilidade financeira e o financiamento da retoma. Será ainda entregue o prémio da 20ª edição do Prémio José Luís Sapateiro, cujos vencedores foram conhecidos em maio. A CMVM promove também ao longo da semana, em parceria com a RTP, uma rúbrica diária didática sobre o funcionamento do mercado de capitais, os cuidados a ter ao investir e conselhos de investimento.

Na sexta-feira, 9 de outubro, o dia começa com uma conversa sobre "Poupar e investir em segurança", promovida pelos três supervisores financeiros no âmbito do Plano Nacional de Formação Financeira, destinada a alunos do 11º e 12º anos do Colégio Amor de Deus. Ao final da manhã, a APB realiza o terceiro webinar "Confiar para investir", tendo como público-alvo a população sénior. O programa da Semana Mundial do Investidor encerra com uma conversa informal entre a presidente da CMVM, Gabriela Figueiredo Dias, e um grupo de estudantes universitários, sobre "Finanças sustentáveis: o futuro passa por aqui".

A CMVM associa-se pelo quarto ano à iniciativa global World Investor Week, lançada pela IOSCO em 2017, e que conta com a adesão de cerca de 100 jurisdições. O programa completo e as atividades podem ser consultados no site dedicado ao evento e no Facebook da Semana Mundial do Investidor.

São parceiros da CMVM nesta iniciativa a Associação de Empresas Emitentes de Valores Cotados em Mercado (AEM), a Associação Portuguesa de Analistas Financeiros (APAF), a Associação Portuguesa de Bancos (APB), a Associação Portuguesa de Fundos de Investimento e Fundos de Pensões (APFIPP), a Associação Portuguesa de Seguradores (APS), a Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF), o Banco de Portugal e a Euronext Lisbon.