CMVM
skip
Idioma
pageBackground
Publicações

Euro - Guia


5. Fim de Semana de Transição

No último fim-de-semana do ano de 1998 proceder-se-á à redenominação da dívida pública, o que implica algumas orientações especiais para essa mesma situação.

No dia 31 de Dezembro de 1998 encontram-se encerrados os mercados secundários (BVL, BDP e MEOG).

As operações realizadas na BVL e no MEOG nos dias 28, 29 e 30 de Dezembro de 1998 sobre valores mobiliários de dívida pública a redenominar durante o fim de semana de transição são liquidadas, física e financeiramente, no dia 31 de Dezembro do mesmo ano.

Questão em aberto é a de que, por força da redenominação, há investidores cujas carteiras em obrigações do tesouro não serão múltiplos de um euro. Com vista a arredondar os valores das carteiras estão a ser ponderados mecanismos que permitam a aquisição ou alienação de cêntimos de obrigações em valor nominal pelos intermediários financeiros sem custos para os clientes (nomeadamente evitando o pagamento de taxas e comissões).

Por exemplo, se alguém ficar com a sua carteira de obrigações de tesouro representada por 201,90 euros em valor nominal, isto significa que tem 20.190 obrigações do tesouro, cada uma com o valor nominal de um cêntimo. Destas, 90 obrigações do tesouro não perfazem em valor nominal senão 0,9 euros. Neste caso, a questão poderia ser resolvida pela aquisição de 10 obrigações pelo cliente ao intermediário financeiro ou pela venda de 90 obrigações a este último.